Horário de Expediente

Segunda-feira:
Das 12h às 18h
Terça a sexta:
Das 8h às 14h

Sessões nas segundas-feiras às 18h.

Notícia

104 Visualizações

Luiz Marenco receberá homenagem hoje na Câmara de Taquara - 23/08/2010

Após acatar requerimento efetuado pelo vereador Fabiano Tacachi Matte (PMDB), a Câmara de Taquara realizará, na abertura dos trabalhos da Sessão desta segunda-feira, dia 23 de agosto, homenagem ao músico e compositor nativista, Luís Rogério Marenco Ferran, popularmente conhecido como - "Luiz Marenco". O artista gaúcho, que conta com seu Fã Clube Oficial situado em Taquara, completa neste ano, 20 anos de carreira. De acordo com o vereador proponente, Marenco nutre grande estima pela comunidade taquarense, e, sempre que possível, relembra efusivamente, em seus shows, o carinho e a acolhida de Taquara. "Deste modo, além de congratulá-lo, teríamos a oportunidade de vê-lo fazendo a abertura dos trabalhos e saudando a todos com suas composições", fundamentou Matte em seu requerimento aprovado pelos colegas vereadores ainda no mês de fevereiro. A Sessão terá início às 19h, sendo aberta a toda a comunidade. Segue abaixo a biografia do músico. Luiz Marenco BIOGRAFIA: Luís Rogério Marenco Ferran, natural de Porto Alegre, nascido no dia 22 de dezembro de 1964, começou a se interessar pela música aos 8 anos de idade, quando ganhou seu primeiro violão. Morou em Rincão da Quitéria, Distrito de São Jerônimo, onde lhe foi ensinado coisas simples da vida. Começou suas cantorias pelos bolichos de Quitéria, e sua carreira profissional, em 1988, quando participava de Festivais. Apresentou-se profissionalmente pela primeira vez, na 2ª Vertente do Piratini, conquistando o prêmio de "Melhor Intérprete" deste festival. Momento este, muito importante para a cultura de nosso Estado, e, que rendeu grandes conquistas em âmbito regional. Marenco sempre teve a crença de que suas canções deveriam passar a mensagem das nossas origens e tradições, trabalhando sempre na letra e na música, fazendo uma criteriosa escolha dos músicos que o acompanham. Em 1990 - grava seu primeiro disco, ao lado de seu parceiro e amigo Jayme Caetano Braun %u2013 com o título - "Luiz Marenco canta Jayme Caetano Braun". Em 1991- O disco "Luiz Marenco canta Jayme Caetano Braun" o leva ao Prêmio Sharp, hoje conhecido como Prêmio TIM. Em 1997 - recebeu o troféu Vitória como - Melhor Interprete e como Melhor Música do ano "Quando o Verso vem pra Casa." Em 1999 - Participa do programa: Rio Grande do Sul, um Século de História, da RBS TV. Em 2001 - O Disco: "Enchendo os Olhos do Campo" em parceria com Gujo Teixeira, recebe o Prêmio Açorianos de Melhor Disco do Ano. O CD "Luiz Marenco Ao Vivo", rendeu a Luiz Marenco o selo de Qualidade, pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho previsto no Projeto ISO TCHÊ. Em 2002, em parceria com José Claudio Machado, receberam disco de Ouro com o CD "De Bota e Bombacha". Em 2003, recebeu o disco de ouro "Luis Marenco - ao vivo Duplo". Também durante a gravação feita no Rio Grande do Sul da Mini-série Global "A Casa das Sete Mulheres", contou com a honrosa participação de Luis Marenco, no ano de 2003. No ano de 2004 - recebeu o Disco de Platina com o trabalho "Luiz Marenco - ao Vivo Duplo". Em 2007 - recebeu o DVD de Ouro com o Trabalho "Todo o Meu Canto". Também a Rádio Gaúcha e a Rádio Gaúcha Sat, o homenagearam com o "troféu Guri". Com 20 anos de carreira, Marenco tem uma discografia de 22 obras, 20 CDs e 2 DvDs, Luiz Marenco é hoje um dos espetáculos nativistas mais requisitados do Sul do Brasil, tendo a consciência de que seu canto está ligado à terra, valores, hábitos e costumes de seu povo. Seu canto já percorreu vários estados brasileiros, como Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Goiás, Brasília e Tocantins, assim como os países da Argentina, Uruguai e Paraguai, fazendo apresentações ao lado de Santiago Chalar em espetáculos. Gravações com Pepe Guerra e Jorge Nasser (cantores do folclore Uruguaio), além de gravações com Antonio Tarrago e Ramon Ayala, da Argentina. Assim com esta homenagem, mostramos nosso carinho, reconhecimento e admiração por este grande artista que nos encanta com sua forma de mostrar seu amor por esta terra abençoada por Deus, o Nosso Rio Grande do Sul.



Voltar