Horário de Expediente

Segunda-feira:
Das 12h às 18h
Terça a sexta:
Das 8h às 14h

Sessões nas segundas-feiras às 18h.

Notícia

101 Visualizações

Vereadores conferem situação da UTI do Hospital Bom Jesus - 03/08/2010

A Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Bom Jesus de Taquara, foi visitada pelos vereadores Fabiano Tacachi Matte (PMDB), Paulo Ricardo Pires de Mello (PTB) e Valdecir Vargas de Almeida (PTB), na última quinta-feira, 29 de julho, onde foram recebidos pelo diretor administrativo João Schmidt e o diretor clínico, Dr. Daniel Pereira Kollet. A unidade foi construída com recursos da Consulta Popular, incluída no orçamento de 2002, do governo do Estado e possui 10 leitos. Tanto as dependências, como os equipamentos, estão acondicionados, aguardando a sua abertura definitiva. Segundo João Schmidt, está tramitando na 2ª Coordenadoria Regional de Saúde o pedido de credenciamento junto ao SUS, para a abertura da unidade. Ele ressalta que a grande dificuldade é o custeio da UTI, pois a atual tabela do SUS acaba por gerar grandes déficits. Schmidt também apontou a modificação, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), na legislação que regulamenta o funcionamento das UTIs, que passou a exigir um número maior de equipamentos e profissionais, o que gera um novo impacto orçamentário. Novas obras ainda serão necessárias no Bom Jesus para que a UTI possa abrir, sendo a principal, que a sua estrutura disponha de, no mínimo, 100 leitos. Atualmente o Hospital conta com apenas 51 leitos a disposição da comunidade. Estão previstas melhorias no Hospital Bom Jesus. Dr. Daniel Kollet comentou sobre o programa "Acolhimento" que está sendo implantado, metodologia oriunda do Hospital Mãe de Deus, que visa capacitar colaboradores para a excelência dos trabalhos. Para o propositor da iniciativa, vereador Fabiano Matte, a visita foi válida, pois "recebemos da direção do Hospital a garantia de que os equipamentos estão sendo bem acondicionados e que, por ocasião da abertura da UTI, ainda deverão ser submetidos a revisão". E, ressaltou: "em questão que envolva saúde, é de extrema urgência que se avance rapidamente num acordo sobre a participação dos Municípios do Vale do Paranhana na manutenção da UTI, sob pena de que se obstacularize o seu funcionamento", frisou. __________________________________________________ Créditos fotos: Divulgação



Voltar